Posts tagged ‘Univasf’

Exames TOEFL-ITP serão realizados na Univasf em dezembro

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) promoverá mais uma oferta do exame TOEFL-ITP este ano. A prova, que é gratuita e direcionada para discentes e servidores da Univasf, vai acontecer nos dias 4 e 6 de dezembro, no Campus Juazeiro. São ofertadas 100 vagas, que serão divididas nos dois dias de prova. O TOEFL-ITP (Test of English as a Foreign Language) é um teste de proficiência em inglês, que tem como objetivo diagnosticar o nível de conhecimento do idioma.

As inscrições podem ser feitas no site do Programa Idiomas sem Fronteiras (IsF) até três dias antes da realização do teste. Podem fazer o TOEFL-ITP estudantes de graduação e pós-graduação regularmente matriculados em cursos presenciais e a distância da Univasf e servidores com Siape ativo há no mínimo seis meses

As provas acontecerão no Núcleo Temático 32 (NT 32), localizado no 1º andar do prédio dos colegiados, no Campus Juazeiro, no dia 4, às 14h; e, no dia 6, às 19h. No dia da prova, os candidatos devem chegar meia hora antes para preencher a documentação do teste. Além disso, é preciso levar lápis, borracha e documento oficial com foto.

Possíveis problemas na inscrição devem ser tratados por meio de chamado no Fale Conosco no site do IsF. Demais dúvidas podem ser respondidas por meio do FAQ do site do programa IsF da Univasf ou através do e-mail: isf.univasf@univasf.edu.br.

Anúncios

24 de novembro de 2017 at 15:33 Deixe um comentário

Responsabilidade ambiental empresarial será tema do nono encontro do projeto Tempos de Produção

428efbeb-8d14-4383-a9e1-410f827eb60f

Com o objetivo de discutir questões que fazem parte do cotidiano de um profissional da engenharia, acontecerá amanhã (24), a edição de novembro do projeto de extensão Tempos de Produção. A palestra terá como tema “Responsabilidade Ambiental Empresarial: Realidade e desafios para uma efetiva Gestão Ambiental” e é organizada pelo Colegiado de Engenharia de Produção (CPROD) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). O evento acontecerá às 10h, no Núcleo Temático 29, localizado no Campus Juazeiro.

As inscrições podem ser feitas previamente, através do site do projeto e também presencialmente, durante o evento. A palestra é destinada a toda a comunidade acadêmica e à sociedade em geral. Nesta edição, a palestrante será Daniela Siqueira Coelho, egressa do curso de Engenharia Agrícola e Ambiental, que atua no Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA).

De acordo com o professor do CPROD e coordenador do projeto Tempos de Produção, Paulo Pereira, debater esta temática e suas viabilidades é de grande importância. “No nosso entendimento, o engenheiro, não só o de Produção, não pode perder de vista, durante sua atuação profissional e como integrante da sociedade, questões relacionadas ao meio ambiente e ao desenvolvimento sustentável”, afirma Pereira.

Esta é a nona e penúltima edição do projeto este ano. A próxima acontecerá durante a X Semana de Ensino, Pesquisa e Extensão (Scientex), que será realizada entre os dias 4 e 6 de dezembro. Tempos de Produção é um projeto de extensão vinculado à Pró-Reitoria de Extensão (Proex), que tem como objetivo aproximar o meio acadêmico e a sociedade dos meios produtivos, gerando a qualificação e multiplicando os conhecimentos obtidos pelos discentes.

24 de novembro de 2017 at 08:30 Deixe um comentário

Acessibilidade em saúde marca a campanha “Novembro Azul Inclusivo” da Univasf

univasf

“Porque todo homem com deficiência tem direito à informação acessível, prevenção e saúde”. É o que afirmam os quatro protagonistas da campanha “Novembro Azul Inclusivo”, promovida pelo Núcleo de Práticas Sociais Inclusivas (NPSI) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em parceria com a TV Caatinga. A campanha busca conscientizar sobre a importância da acessibilidade na saúde e é composta por cinco vídeos, veiculados na página oficial da Univasf no Facebook. O primeiro foi exibido na última segunda-feira (20) e, desde então, uma nova peça é divulgada diariamente até a próxima sexta-feira (24).

Protagonizam a campanha Flavenilson Macedo, que já foi presidente da Associação de Surdos de Petrolina (PE); Hélio Araújo, usuário de cadeira de rodas e professor da rede municipal do mesmo município e José Dias, que tem deficiência intelectual e é aluno da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). Além destes, participou da iniciativa o servidor da Univasf Milton Carvalho, que é cego e trabalha como revisor de textos em Braille no NPSI.

De acordo com Carvalho, o “Novembro Azul Inclusivo” surgiu após a observação de que as políticas de saúde, desde as campanhas de prevenção até o próprio atendimento, não são acessíveis às pessoas com deficiência. “Muitas vezes um usuário de cadeiras vai até o consultório médico e ele funciona em um cubículo. As campanhas em redes sociais, por exemplo, são através de cartazes com imagem, enquanto na televisão são em vídeo, o que impossibilita o acesso às pessoas cegas e surdas”, conta o servidor da Univasf.

Carvalho ainda explica que a escolha pelo protagonismo dos homens com deficiência, em vez de especialistas em saúde, foi para dar a oportunidade de fala a esses indivíduos. “A campanha tem o objetivo de mostrar à sociedade e aos profissionais que quem tem deficiência também é paciente e tem direito à saúde. É para dizer: ‘Eu estou aqui, preciso de informação e preciso ser respeitado enquanto pessoa’”, afirma Carvalho.

A ideia de realização da campanha surgiu no mês passado, logo após a idealização do “Outubro Rosa Inclusivo”. Esta foi uma ação semelhante promovida pelo NPSI, que tratou da acessibilidade à informação e à saúde para as mulheres com deficiência e também foi veiculada na página oficial da Univasf.

De acordo com a coordenadora do NPSI, Karla Daniele Maciel, as duas iniciativas são importantes para demonstrar o cuidado despendido pela Univasf com a inclusão das pessoas com deficiência. “Elas marcam o quanto a Universidade está tornando mais preocupada, se empenhando para que as nossas ações e as ações da sociedade sejam acessíveis”, declara Karla.

23 de novembro de 2017 at 08:31 Deixe um comentário

Conferências e minicursos dão início a congresso de meio ambiente em Juazeiro

O5

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) começou nesta terça-feira (21), o “III Congresso Brasileiro de Educação Ambiental Interdisciplinar” (COBEAI), no Complexo Multieventos, em Juazeiro (BA). A edição deste ano, que pretende discutir o tema ‘‘Meio Ambiente e Responsabilidade Social’, iniciou às 8h e seguiu até às 22h, com conferências e mais de dez minicursos temáticos. O evento conta com a participação de professores, alunos de escolas públicas, universitários e ambientalistas de todo o Brasil.

Na cerimônia de abertura, estiveram presentes o coordenador geral do III COBEAI, Paulo Ramos; o representante da FACAPE, Celso Franca, da AMMA, Rafael Oliveira, os representantes do Centro de Manejo da Fauna da Caatinga (CEMAFAUNA), da Embrapa, da Codevasf, da Secretaria de Educação de Juazeiro, da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), além da representante da Reitoria da Univasf, Mônica Tomé.O8

A programação do III COBEAI é a maior e mais diversificada desde que o evento foi lançado pelo Programa Escola Verde (PEV), em 2015. Até sexta-feira (24), o congresso traz para a cidade, a apresentação de mais de 300 trabalhos científicos de estudantes de várias regiões, 19 minicursos, 18 exposições científicas, 10 conferências, 9 oficinas e 6 mesas redondas. Instituições como a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) também está apresentando trabalhos e iniciativas.

 O3

Durante os quatro dias, o evento vai debater a responsabilidade social das pessoas e das autoridades públicas sobre o meio ambiente, promover o intercâmbio, a troca de experiências e a divulgação dos trabalhos elaborados por diferentes instituições públicas e privadas de todo o país na área de educação ambiental.

Segundo o Coordenador do III COBEAI, Paulo Ramos, o congresso pretende sensibilizar estudantes, professores e a população sobre o papel de cada um para a preservação do meio ambiente. “Aqui está sendo um canal livre para as pessoas obterem conhecimento e refletirem sobre as ações que influenciam e determinam a vida e a diversidade de nosso ecossistema”, disse.

A universitária Maria Viviane Palmeira veio do município de Caririaçu, no interior do Ceará, para apresentar seu trabalho científico. Cursando Irrigação e Drenagem pela Faculdade de Tecnologia do Cariri (FATEC), a estudante afirma que desenvolve atividades de horta escolar na sua cidade e se sentiu atraída a participar do evento devido às peculiaridades do solo e salinização do Vale do São Francisco. “O congresso está sendo uma oportunidade para adquirir novos conhecimentos que importam na formação acadêmica da minha área”, conclui.

22 de novembro de 2017 at 13:40 Deixe um comentário

Univasf: Matrículas de convocados no 10º Remanejamento do Sisu 2017 serão realizadas na quinta-feira (23)

univasfA Secretaria de Registro e Controle Acadêmico (SRCA) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) realizará, nesta quinta-feira (23), as matrículas dos candidatos convocados no 10º Remanejamento do Processo Seletivo para Ingresso nos Cursos de Graduação (PS-ICG 2017). Os convocados irão preencher vagas abertas nos cursos de Administração; Engenharia Civil; e Medicina (Campi Sede e Paulo Afonso).

As matrículas serão realizadas, presencialmente ou por meio de procuração, no horário das 8h às 11h e das 14h às 17h. Os candidatos remanejados para os cursos do Campus Sede, em Petrolina, e do Campus Juazeiro farão o procedimento na sala da SRCA, no 1º andar do Prédio Administrativo da Reitoria, no Campus Centro, localizado na Av. José de Sá Maniçoba, S/N, Centro – Petrolina (PE).

As matrículas do curso de Medicina do Campus Paulo Afonso serão realizadas no Campus, localizado no Centro de Formação Profissional de Paulo Afonso (CFPPA), na Rua da Aurora, S/N, Quadra 27, Lote 3 – Bairro Alves de Souza, em Paulo Afonso (BA).

Os candidatos convocados para os grupos L1 e L2 (renda inferior a 1,5 salário mínimo per capita) devem preencher o questionário socioeconômico, através do endereço eletrônico do Sistema de Avaliação Socioeconômica (Sase) e postar os documentos comprobatórios até as 16h do dia 9 de outubro. Consulte Nota Oficial da SRCA sobre o procedimento. A documentação necessária para efetuar a matrícula consta no Edital N° 1/2017 do PS-ICG 2017. Outras informações estão disponíveis no Portal de Processo Seletivo.

Ascom

22 de novembro de 2017 at 07:53 Deixe um comentário

‘Prosa Invocada’ vai discutir a relação entre ciência e arte

A Assessoria de Comunicação (Ascom) e a Pró-reitoria de Ensino (Proen) realizam na próxima terça-feira (28), às 18h30, no auditório do Complexo Multieventos, no campus Juazeiro a segunda rodada de entrevistas promovida pelo projeto ‘Prosa Invocada’. Nesta edição o assunto escolhido focará a proximidade entre ciência e arte, bem como a influência recíproca entre as duas atividades.

Mas afinal, Ciência é arte?’. Quem responderá à pergunta, tema do evento serão o coordenador do mestrado em Ciência dos Materiais da Univasf, professor Helinando Pequeno de Oliveira, e o inventor autodidata, Evangelista Ignácio de Oliveira, famoso por suas criações e protagonista do documentário ‘O som da luz do trovão’ de Petrônio Lorena e Tiago Scorza.

O projeto coordenado pela jornalista Klene de Aquino e pelo professor Marcelo Ribeiro será formado por uma série de entrevistas, baseadas no gênero talk show e conduzidas pelo professor Nilton Araújo, do Colegiado de Ciências Sociais da Univasf. Outros colaboradores são o professor Fernando Souto, também do Colegiado de Ciências Sociais, o professor Mauricio Alfaya, do Colegiado de Artes Visuais, a diretora de Imagem, Fabíola Moura, da Ascom, e os estudantes Luis Osete, (bolsista), Wellington Junior e Eudes Sampaio, estagiários da Ascom e voluntários do projeto.

“A nossa proposta é promover a discussão de temas universais, mas contextualizados com a realidade local, porque o objetivo do ‘Prosa Invocada’ é provocar o debate, estimular o pensamento crítico, ampliar as possibilidades de reflexão sobre assuntos que impactam as nossas vidas”, expõe Klene de Aquino.

De acordo com a equipe envolvida no projeto, a cada dois meses será realizada uma nova edição do ‘Prosa Invocada’, com novos entrevistados e temas. Os locais de realização serão os campi Petrolina Sede e Juazeiro, alternadamente. Os eventos serão abertos ao público com entrada franca.

Para o professor Nilton Araújo, a experiência de atuar no projeto está sendo motivadora: “O Prosa está me proporcionando um momento de chamar as pessoas para falar sobre assuntos que não são discutidos no cotidiano e que a universidade muitas vezes alija; nesta perspectiva, o Prosa está trazendo a construção de uma postura mais critica, abrindo espaço para a diversidade e para a universidade estar em contato com a sociedade”, avalia Nilton Araújo.

Em dezembro de 2009 o ‘Prosa Invocada’ promoveu sua primeira entrevista, uma edição-piloto sobre o tema ‘Velhos e novos movimentos sociais’. Os entrevistados foram o presidente da Associação em Defesa dos Direitos dos Homossexuais de Juazeiro (ADEH), Marcos Welask e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrolina, José Tenório. Atualmente, o projeto está vinculado ao Programa Institucional de Bolsas de Integração (Pibin/Univasf).

22 de setembro de 2010 at 19:55 Deixe um comentário