Arquivo do Autor

DEPUTADO ROBERTO CARLOS COBRA AGILIDADE NA ENTREGA DOS TÍTULOS DE TERRA PARA OS AGRICULTORES DA BAHIA E REIVINDICA INCENTIVO PARA O PROJETO ‘CABRA PRODUTIVA E ROTA DO LEITE’

O deputado Roberto Carlos (PDT), vice-líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia, participou, nesta terça-feira (21), da Comissão de Agricultura, onde, preocupado como o desenvolvimento da agricultura familiar do Estado, reiterou o pedido de agilidade na entrega dos títulos de terra aos posseiros do Estado, por meio da Coordenação de Desenvolvimento Agrário – CDA, representada por Renata Rossi.

Na oportunidade, o parlamentar cobrou, ainda, incentivo para o projeto ‘Cabra Produtiva e Rota do Leite’ para estimular o setor, que tem sua representatividade no semiárido, com quase a totalidade da produção do país. “O objetivo deste projeto é gerar mais valor ao queijo de cabra produzido na região, através de utilização de técnicas mais avançadas, concursos e atribuição de selos para a produção desses queijos. Temos potencial para sermos os maiores produtores de queijos finos de cabra do país e alavancar este segmento da economia”, disse o deputado Roberto Carlos.

Ascom Dep. Roberto Carlos
Anúncios

22 de maio de 2019 at 15:09 Deixe um comentário

Jovem relata agressão homofóbica em Juazeiro: ‘Fui atacado por ser gay’

Um jovem de Juazeiro (BA) afirma ter sido agredido por um homem desconhecido no bairro Novo Encontro, no início da noite do último sábado (18). O episódio foi relatado em seu perfil no Facebook.

Jackson Santos diz que foi seguido pelo autor da agressão, que ficou “tirando brincadeira sem graça“. Ele diz que não deu atenção e, por isso, o suspeito o golpeou com um corpo, causando ferimentos em seu rosto.

O jovem conta que a polícia e o Samu foram acionados, mas ninguém compareceu ao local. Foi socorrido por um amigo e encaminhado a uma unidade de saúde. Jackson publicou uma foto para mostrar os cortes do rosto. “Não pedimos para ser gay, simplesmente somos“, diz o jovem.

Acompanhe o relato completo do jovem abaixo:

Fonte Carlos Brito

22 de maio de 2019 at 15:00 Deixe um comentário

Polícia prende suspeitos de envolvimento em explosão de carro-forte em Petrolina

Três pessoas suspeitas de envolvimento na explosão de um carro-forte, ocorrida na noite do dia 11 de maio de 2018, no bairro Atrás da Banca, área central de Petrolina, foram presas durante a Operação ‘Tu Quoque’, deflagrada hoje (22) pela Polícia Civil (PC). Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão domiciliar e quatro armas de fogo foram apreendidas, além de munição.

Os detalhes preliminares dessa operação foram divulgados nesta manhã, durante coletiva de imprensa realizada na sede da Diretoria Integrada do Interior 2 (Dinter-2).

Fizemos trabalho investigativo e identificamos a possível participação dos próprios vigilantes nessa empreitada criminosa. No curso dessa investigação, identificamos o comércio ilegal de arma de fogo envolvendo pessoas que até então não teriam ligação direta com o roubo do carro-forte”, explicou o delegado Magno Neves.

Foram autuadas três pessoas por porte ilegal de arma de fogo e munição. Dessas, duas eram vigilantes do dia do roubo. Eles são irmãos e estavam trabalhando no carro-forte no dia do roubo”, acrescentou Magno Neves.

Venda ilegal de armas

Já o delegado Daniel Moreira explicou que as armas e munições eram vendidas por duas empresas. “Dentro desse comércio ilegal, identificamos duas empresas  que são responsáveis pela comercialização de armas e munições em Petrolina e Juazeiro (BA). Fizemos buscas nessas empresas e identificamos que  esse comércio estava se dando de forma ilegal. Vamos comunicar isso ao Exército, para que seja informado à polícia os registros das vendas de armas e munições efetuadas por essas empresas. Elas devem receber sanções tanto civis, como administrativas e criminais”, destaca o delegado.

Outras seis pessoas são investigadas por comércio ilegal de armas de fogo e munição e associação criminosa. A polícia não descarta que outros mandados sejam cumpridos. Os delegados reforçaram que as armas apreendidas serão periciadas, para saber se elas foram utilizadas em práticas de homicídios na cidade. Os presos serão encaminhados para audiência de custódia.

22 de maio de 2019 at 14:00 Deixe um comentário

Dupla de vigilantes é suspeita de participar de explosão e roubo a carro-forte em Petrolina; veja o vídeo

Durante coletiva na manhã desta quarta-feira (22), a Polícia Civil (PC) de Petrolina informou que dois irmãos que trabalhavam como vigilantes em uma empresa de nome não divulgado, são suspeitos de estarem envolvidos na explosão e roubo ao carro-forte que ocorreu em abril de 2018 em Petrolina (PE). “Esses dois irmãos faziam parte da guarnição do carro-forte no dia do roubo” informou a polícia.

Ao todo, quatro vigilantes foram investigados, sendo apreendidos duas armas de fogo com os suspeitos. De acordo com a PC, as investigações ainda estão em andamento, novas medidas serão decretadas para concluir a operação.

A operação deflagrada hoje é denominada “tu quoque” e tem como objetivo desarticular organização criminosa voltada para a prática dos crimes de homicídio, assalto a banco e comércio ilegal de arma de fogo e munição.

22 de maio de 2019 at 11:58 Deixe um comentário

Univasf suspende refeição para estudantes da prioridade 2; decisão “está diretamente relacionada ao contingenciamento”

A Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Proae) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) anunciou nesta terça-feira (22), a suspensão, por tempo indeterminado, do fornecimento de refeições para os estudantes da Prioridade 2 (P2) no Restaurante Universitário. De acordo com o órgão, a medida está diretamente relacionada ao contingenciamento do orçamento promovido pelo Governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Em nota, a Proae informou que o fornecimento será suspenso a partir do dia 1º de junho. Fazem parte da categoria (P2) os estudantes de graduação e de pós-graduação que não estejam recebendo bolsas acadêmicas. “A suspensão do fornecimento de refeições para o P2 está diretamente relacionada ao contingenciamento do orçamento de custeio destinado ao funcionamento da Univasf, que subsidia esta modalidade”, justifica o corte.

Ananda Fonseca, estudante de Psicologia, considera que a decisão afeta diretamente a vida dos estudantes, principalmente de quem estuda em turno integral. “R$ 6,50 (preço de cada refeição) parece pouco, mas para nós estudantes, que temos tantas outras demandas, é complicado. Para quem tem curso integral, a situação é ainda pior. Temos atividades extracurriculares, projetos de pesquisa e extensão. Vamos ter que gastar mais. Muitos estudantes não têm condições de arcar com um custo tão alto. Isso implica no processo pedagógico. Quem está com fome não aprende de barriga vazia. É mais um peso colocado nas nossas costas, infelizmente”, lamentou.

“Esse início de semestre já tinham sido canceladas novas inscrições para P2. Os já existentes passaram a ter direito somente a a uma única refeição no dia, o que já secou bastante o RU. Creio que os alunos do Campus Ciências Agrárias e do Campus de Juazeiro serão os mais afetados por falta de opção e por serem a maioria de cursos integrais”, reforçou o estudante Pedro Souza, de Artes Visuais.

Com a decisão, Ricardo Medeiros, graduando em Engenharia da Computação, passará a fazer as refeições em casa. “Quando o auxílio da prioridade 2 era para duas refeições em período letivo eu almoçava e jantava no RU. Após os cortes do ano passado eu passei a jantar em alguns dias e almoçar em outros. Agora, com o corte total do auxílio, fica inviável pagar 6 reais por uma refeição. Portanto irei fazer minhas refeições em casa”, disse.

Ainda sobre a decisão, a Pró-reitoria anunciou que os estudantes que têm créditos que ultrapassam a data do dia 31 de maio deverão ser reembolsados pelos créditos excedentes. Os discentes da Prioridade 1 (P1) continuarão realizando refeições normalmente, uma vez que os recursos do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) não foram contingenciados.

Leia também: MEC diz que bloqueio de 30% na verba vale para todas as universidades e institutos federais

22 de maio de 2019 at 11:47 Deixe um comentário

PREFEITO PAULO BOMFIM PARTICIPA DE AUDIÊNCIA DA UPB COM RUI COSTA SOBRE DEMANDAS DOS MUNICÍPIOS BAIANOS

Nesta terça-feira, 21, dentro da agenda administrativa que cumpre em Salvador, o Prefeito de Juazeiro Paulo Bomfim, participou de audiência da União dos Prefeitos da Bahia/UPB com o governador Rui Costa. Na pauta, as demandas de todos os municípios baianos em relação à saúde, educação, infraestrutura, social e também sobre os royalties do petróleo.

“Com o agravamento da crise que atinge todo o país, urge criarmos uma frente ampla de forças políticas para a liberação desses recursos dos royalties do petróleo. Sem dúvida alguma isso amenizaria consideravelmente a situação dos 5.568 municípios brasileiros que enfrentam grandes dificuldades. Essa riqueza do petróleo pertence a todo o povo brasileiro, conforme previsto em lei”, alertou Paulo Bomfim.

De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios/CNM, estados e municípios deixaram de receber R$ 48 bi em cinco anos, oriundos desses royalties. Na Bahia são R$ 2 bi não repassados aos 417 municípios, o que tem contribuído ainda mais para o sufoco financeiro das prefeituras baianas.

“Agradeço mais uma vez ao governador Rui por estar sempre pronto a contribuir com a nossa luta em favor dos nossos municípios para que assim possamos continuar melhorando a vidas das pessoas”, concluiu o prefeito de Juazeiro que ocupa a 1ª vice- presidência da UPB e estava acompanhado pelo presidente Eures Ribeiro prefeito de Bom Jesus da Lapa, além do 2º vice presidente e prefeito de Belo Campo Henrique Tigre, o Quinho.

22 de maio de 2019 at 11:46 Deixe um comentário

Homem esfaqueia a ex, invade igreja evangélica e atira contra três fiéis em Paracatu-MG

(G1 MG)

Um homem esfaqueou e assassinou a ex-namorada na noite de terça-feira (21) em Paracatu, região Noroeste de MG, e depois invadiu uma igreja evangélica na mesma cidade e matou mais três pessoas a tiros.

De acordo com a Polícia Militar (PM), depois de matar Heloísa Vieira Andrade, de 59 anos, o autor Rudson Aragão Guimarães, 39 anos, atirou contra as fiéis Rosangela Albernaz, 50 anos, e Marilene Marins de Melo Neves, idade não informada, e Antônio Rama, 67 anos, pai do pastor.

Já o pastor Evandro Rama, 38 anos, que celebrava o culto, foi perseguido, conseguiu pular o muro no fundo da igreja e fraturou o pé. Testemunhas disseram para a Polícia Civil que ele sofria ameaças do assassino, o que será apurado.

No início da investigação, a PM havia informado que o alvo do assassino seria o pastor e que ele era casado com a ex-namorada dele, mas a informação foi retificada. Ainda não se sabe o envolvimento do assassino com as pessoas na igreja.

Segundo o tenente-coronel Luiz Magalhães, comandante da PM, o assassino estava na casa da família dele, no Bairro Bela Vista, juntamente com a ex-companheira, a mãe e a irmã. No local, usando um canivete, ele esfaqueou a Heloísa Vieira com um golpe no pescoço e seguiu para a igreja. “Ele chegou alucinado e com falas desconexas, procurando pelo pastor e dizendo que iria matar ele“, afirmou Magalhães.

Pelo menos 20 pessoas participavam de uma reunião na Igreja Batista Shalom. Imagens de uma câmera de segurança registraram o momento em que o homem chegou, por volta das 18h47. Ele arrancou o portão e invadiu o local. O pastor Evandro Rama e outros fieis conseguiram fugir pelos fundos.

Contudo, as três vítimas foram atingidas com tiros na cabeça. Uma equipe da polícia passava pelo local e ouviu os disparos. “Neste momento, os militares entraram e dispararam um tiro contra o autor. Foi constatado que ele ainda tinha seis munições intactas e pelo cenário ainda faria uso das munições contra outras pessoas“, falou o comandante.

O atirador foi socorrido para o Hospital Municipal de Paracatu e passou por cirurgia. Segundo informou a administração, o estado de saúde é grave.

Motivação será investigada

O delegado Marcelo Alexandre dos Santos disse que ainda está apurando os fatos. “

Ainda é prematuro dizer que se trata de crime passional. É preciso ouvir mais pessoas porque é temerário no momento dizer que é crime passional. As pessoas que estavam no local disseram que o pastor vinha sendo ameaçado por ele há algum tempo. Nossa linha de investigação é descobrir a motivação e porquê ele tinha essa desavenças, fazia essas ameaças contra o pastor”, disse Marcelo.

Ainda segundo o delegado, não é possível dizer ainda a relação que o assassino tinha com as outras vítimas.

Eu acredito que eles se conheciam só da igreja mesmo, mas a partir do momento que ele ingressou na igreja , o pastor fugiu do local. Ele permaneceu dentro da igreja e, pelas imagens que nós tivemos acesso, ele estava nervoso. Não dá saber ainda porque ele agiu dessa forma.

22 de maio de 2019 at 10:13 Deixe um comentário

Posts antigos Posts mais recentes