Gato consegue na justiça direito de andar por galeria de Copacabana no RJ

21 de setembro de 2019 at 18:57 Deixe um comentário

1
O dono de um gato que tinha sido proibido de andar sem coleira por uma galeria comercial em Copacabana, na Zona Sul do Rio, conseguiu na Justiça o direito de soltar o animal pelo local.
Chamado de Rubinho, o gato foi adotado pelo lojista Pedro Duarte Correia e andava há anos sem coleira pelos corredores do espaço. Em abril do ano passado, a administração da galeria determinou que os animais fossem proibidos de andar, sob o risco de penalidade no caso de descumprimento, segundo o G1.
“Eu fiquei muito deprimido. O gato não poder andar?”, comentou Pedro.
O dono da loja recorreu à Justiça, e a juíza Márcia Correia Hollanda, da 47ª Vara Cível do Rio, confirmou, em sentença divulgada nesta quinta (19), que o gato poderia continuar andando normalmente pelo local.
“Aqui na galeria conseguimos 15 mil nomes em um abaixo-assinado”, lembrou Pedro. “Um casal de advogados se interessou pela causa e entrou na Justiça”, completou.
“Tem gente que vem aqui todo dia para ver o Rubinho”, destacou.
Desde setembro do ano passado, o dono do gato já tinha obtido na Justiça, através de tutela de urgência, o direito do gato ir e vir pelos corredores da galeria.
com informações do G1

Entry filed under: Geral.

SENAI BAHIA OFERECE 1500 VAGAS GRATUITAS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL, INCLUSIVE, PARA JUAZEIRO Planalto já avalia substituto para Fernando Bezerra Coelho

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed