Presidente chileno reage ao ‘ataque de cachorro doido brasileiro’ contra Bachelet

4 de setembro de 2019 at 23:13 Deixe um comentário

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, repudiou na tarde desta quarta-feira (4) as declarações ofensivas de Jair Bolsonaro sobre o pai de Michelle Bachelet, ex-presidenta chilena e alta comissária da ONU para direitos humanos.

Não compartilho em absoluto à menção feita pelo presidente Bolsonaro por respeito a uma ex-presidente do Chile e, especialmente, em um tema tão doloroso como a morte de seu pai, disse Piñera.

O presidente do Chile é um dos principais aliados de Bolsonaro na América do Sul.

Piñera também disse que seu compromisso sempre foi com a democracia, a liberdade e os direitos humanos “em todo o tempo, lugar e circunstância”.

Na manhã desta quarta-feira, Bolsonaro fez uma referência agressiva sobre a morte de Alberto Bachelet, pai de Michelle, assassinado por agentes da Dina, polícia política da ditadura de Augusto Pinochet, em 1974. Disse, ainda, que o Chile “só não é uma Cuba graças aos que tiveram a coragem de dar um basta à esquerda em 1973”.

As declarações de Bolsonaro provocaram críticas em diversos setores políticos do Chile da Direita à Esquerda do espectro político.

Entry filed under: Geral.

Gestor Técnico do SAAE Juazeiro visita instalações da empresa IHARA em SP Deputados aprovam ‘fila zero’ para pacientes com câncer no SUS e projetos parlamentares

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed