Agronegócio estuda pedir a cabeça de Paulo Guedes, o ministro da Economia de Bolsonaro

11 de fevereiro de 2019 at 17:25 Deixe um comentário

A numerosa bancada do boi no Congresso Nacional, composta por cerca de 200 parlamentares ligados ao agronegócio, estuda pedir a cabeça do ministro da Economia, Paulo Guedes, em virtude da extinção de subsídios para produtores rurais.

Do ponto de vista da cartilha liberal, defendida inclusive pelos agricultores, Guedes está corretíssimo quando suprime a tutela econômica. Afinal de contas, liberalismo tem a ver com a menor interferência possível do Estado no mercado. É o tal laissez-faire nu e cru.

Mas do prisma de uma Nação soberana, Paulo Guedes está equivocado — da mesma forma que o agronegócio se equivocou ao eleger Jair Bolsonaro (PSL) presidente da República. Os agroboys acreditavam que a liberdade de comprar uma espingarda seria suficiente para gerar riquezas, negócios e conforto no campo.

A bronca do agronegócio com o ministro da Economia, o Posto Ipiranga de Bolsonaro, se acentuou após ele derrubar tarifas antidumping que protegia os produtores de leite brasileiros. Agora, o produto pode ser importado de outros países e quebrar o setor no país.

O recado de que haverá reação no parlamento veio da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, a Menina Veneno, em tom severo: “Vamos quebrar a Agricultura? É esse o propósito? Tenho certeza que não é”, disse ela ao Estadão.

Não foi por falta de aviso que isso aconteceria muito em breve. Na campanha eleitoral passada, o então candidato Ciro Gomes (PDT) alertou que Bolsonaro quebraria em pouco tempo o agronegócio.

O ex-ministro da Agricultura, Blairo Maggi, também foi um dos que vislumbraram tempos difíceis para o setor de rural e a exportação de commodities sobretudo para a China e países árabes em razão de políticas geopolíticas de Bolsonaro.

Anúncios

Entry filed under: Geral.

PAULO BOMFIM INAUGURA REQUALIFICAÇÃO DA AV. PRINCIPAL EM MANIÇOBA Prefeito Paulo Bomfim faz mudanças e dá posse a novos secretários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Visite o Instagram do Vale Comentar

🎶"Amigo de tantos caminhos e tantas jornadas/ Cabeça de homem, mas o coração de menino/ Aquele que está do meu lado em qualquer caminhada/Me lembro de todas as lutas, meu bom companheiro/ Você tantas vezes provou que é um grande guerreiro".🎶 . Esse trecho da música de Roberto Carlos, o cantor @robertocarlosoficial, poderia ter sido entoado pelo Roberto Carlos, o político @deputadorobertocarlos, no reencontro público entre ele e Joseph Bandeira @josephbandeiraoficial, no último sábado, na Festa dos Colonos do projeto Maniçoba, após o rompimento nas eleições de 2016 e 2018. . Resguardando todos o méritos de Roberto, não podemos deixar de registrar a aliança histórica entre os dois, criada desde a época de vereança do hoje deputado e das dobradinhas nas eleições estaduais. . Mas, pelo visto, os caminhos políticos distintos não abalaram a relação de amizade entre os dois.
📹📹 Uma foto oficial divulgada nas redes sociais mostra o casal Mari Palma, 30, e Philipe Siani, 34, na CNN Brasil. Conhecidos por terem um texto de televisão inovador e criativo, os dois não jornalistas serão apresentadores de um programa no canal. A estreia no país está prevista pra ser entre o final de outubro e começo de novembro. Segundo nota oficial divulgada pela CNN Brasil, a. ideia é que os dois comandem juntos programas diários no canal e nas demais plataformas da emissora. 📹📹
URGENTE: Moradores da Rua Veneza no bairro Alagadiço, em Juazeiro, fizeram protesto na manhã desta segunda-feira (22). O motivo: A não inclusão da citada rua no projeto de pavimentação divulgado pela @prefeitura.juazeiro.ba . . Recentemente o executivo municipal divulgou a pavimentação de 22 ruas, muitas delas no Alagadiço. . As ruas vizinhas foram asfaltadas, mas Rua Veneza não. O manifestantes queimaram pneus, sacolas e galhos de árvores. Confira nas imagens.