Juazeiro: Polícia Civil elucida homicídio e prende autores em menos de 24 horas após o crime

14 de janeiro de 2019 at 13:55 Deixe um comentário

Após o Homicídio que vitimou Euller Gabriel Souza Miranda, nesta sexta-feira (12/01/2019), foram iniciadas as investigações pelas Equipes da DH e Plantão, por determinação da Coordenadoria Regional, o DPC Marcos Antônio de Souza Rodrigues, juntamente com a equipe Charlei, saíram em diligência a fim de averiguar a denúncia que informava sobre o autor do homicídio e sua localização, contida em novo expediente expedido pelo CICOM.
Após buscas pela localização do autor identificado como “Igor”, e nas proximidades da Distribuidora de Bebidas” do Baixinho”, próximo ao endereço da referida denúncia, o IPC Edvaldo, juntamente com o IPC Humberto, localizaram uma pessoa com as características mencionadas, que estava em companhia de outro indivíduo, quando foi feita a abordagem, sendo constatado que um deles era o procurado de nome Igor Ítalo dos Santos, suposto autor do homicídio e o segundo era Magno de Jesus, vulgo “Magnata”.Os abordados e investigados foram conduzidos até 1ª Delegacia Territorial, e apresentados à Autoridade Policial de plantão. Na sede da 17ª COORPIN, na presença do DPC Marcos Antônio, do IPC Edvaldo e do IPC Humberto, o nacional Igor Ítalo dos Santos, confessou ter presenciado a pessoa de Rogério Souza Bento, assassinar Euler Souza Miranda, conhecido como “Baruel”, dando uma gravata na vítima, levando-o a desmaiar, jogando-o em um buraco, finalizando o crime com pedradas na cabeça, levando-o a óbito.Dando continuidade às diligências para reforçar as provas, a equipe Charlei deslocou-se juntamente com a genitora de Igor, até a sua residência, Rua Q, quadra M, Nº 002, Residencial Brisa da Serra em Juazeiro BA, a fim de localizar as vestes de Igor e Rogério, pois Igor informou que após o homicídio ambos foram até sua casa para lavar a calça preta e a bermuda Jeans pertencente a Rogério, que ambos usavam no momento do assassinato.

A genitora de Igor, Solange Karleane, levou os investigadores até as roupas sujas, e no cesto de roupa foi encontrado a calça preta de Igor, e no varal a bermuda jeans de Rogerio, ambas apresentando manchas supostamente de sangue da vítima, as quais foram apresentadas ao DPC Marcos e apreendidas, tendo sido encaminhadas para perícia.

As pessoas de Magno de Jesus e sua companheira, ao serem ouvidos em termo de depoimento, afirmaram que estiveram em um Bar na companhia de Igor, de Rogério e da vítima “Baruel”, na noite anterior ao crime, quando estes três teriam saído juntos do local para fazerem uso de drogas e que, momentos após, Rogério e Igor teriam retornado ao Bar e confessado aos depoentes que teriam tirado a vida de “Baruel”.

Igor Ítalo dos Santos, foi autuado como incurso no delito do Art. 121, p. 2, IV, c/c Art. 1, I, da Lei 8.072/90 e Rogério Sousa Bento, não foi localizado.

Fonte: DH/Equipe Charlei e Plantão Territorial de Juazeiro.

Anúncios

Entry filed under: Geral.

Prates conversa com prefeito esta semana sobre secretariado Homem é preso suspeito de estuprar as próprias netas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed