Caso Beatriz: “existe uma quadrilha em Petrolina querendo atrapalhar o trabalho da polícia”, revela Lucinha Mota

13 de janeiro de 2019 at 09:25 Deixe um comentário

Três anos e um mês depois, o caso Beatriz segue sem solução. Lucinha Mota, foi a Recife (PE) pedir agilidade na apuração e transparência nas informações sobre o crime, conforme publicamos no Blog.

Lucinha se encontrou com o presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco, o desembargador Adalberto de Oliveira Melo. Ela explica que a família quer ter conhecimento de como andam as investigações. “Foi importante ouvir a opinião do presidente do tribunal. Eu precisava me sentir amparada com todos os erros no processo. Quero ter essas informações para impedir que novas falhas aconteçam”, afirma.

O primeiro mandato de prisão do caso foi expedido no mês passado. O técnico de informática Alisson Henrique de Carvalho Cunha, 40 anos, é suspeito de ter apagado as filmagens que ajudariam a elucidar o crime. Um mandado de prisão preventiva por falso testemunho e fraude processual foi expedido pela  justiça contra ele. Alisson aparece em imagens do circuito de segurança do colégio captadas no dia 4 de janeiro de 2016, menos de um mês após o assassinato de Beatriz, entrando na sala onde eram armazenados todas as imagens das câmeras instaladas na escola.

Mesmo com a demora nas investigações, Lucinha garante que não vai desistir de buscar justiça. e disparou durante participação por telefone no Programa Edenevaldo Alves na Petrolina FM nesta sexta-feira (11).

“Nada nesse mundo justifica tamanha crueldade. Mas precisamos saber o motivo até para evitar que outros crimes do tipo possam ser cometidos. Meus advogados atuam na parte técnica, mas a parte humana é minha responsabilidade e existe uma quadrilha em Petrolina querendo atrapalhar o trabalho da polícia,  mas eu não vou desistir, e enquanto eu tiver vida vou lutar com todas as minhas forças por Beatriz. Eu não vou parar. Prometi a minha filha”, declarou.

Fonte Edenevaldo Alves

Anúncios

Entry filed under: Geral.

Veículo destrói muro de residência na Cohab Massangano Homem é preso em Juazeiro por estuprar menina de 12 anos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed