Indicação de Moro abala relação de Bolsonaro com Congresso

2 de novembro de 2018 at 10:24 Deixe um comentário

[Indicação de Moro abala relação de Bolsonaro com Congresso]

O convite e aceitação do juiz Sérgio Moro para comandar o Ministério da Justiça abalou a relação entre o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) e o Congresso, aponta a coluna Painel da Folha de S. Paulo.

Integrantes de diversos partidos, da esquerda à direita, passando pelo centrão, dizem que a escolha foi vista como uma tentativa de emparedar o Legislativo, como se o agora ex-juiz fosse uma espada na cabeça de parlamentares.

Deputados e senadores lembram, porém, que fora do Judiciário Moro ficará exposto, suscetível a CPIs e convocações.
Contudo, politicamente, Bolsonaro marcou mais pontos com seu eleitorado e fortaleceu o discurso de que seu governo será intolerante com a corrupção.

Refém das escolhas

Durante toda esta quinta (1º), após a resposta de Moro, políticos repisaram um ditado dos bastidores do poder: “Nunca nomeie alguém que não possa demitir”. Agora, Bolsonaro tem dois superministros que, se decidirem deixá-lo, farão estrago: Moro, claro, e Paulo Guedes, o guru da economia.

Entry filed under: Geral.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO MISSAS DO DIA DE FINADOS EM JUAZEIRO E PETROLINA Trabalho de Moro ‘me ajudou a crescer politicamente’, diz Bolsonaro

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Instagram

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.