Anúncios

Prefeitura de Juazeiro é única na Bahia classificada por projeto do Ministério do Meio Ambiente que visa combater o desperdício de alimentos

1 de novembro de 2018 at 15:55 Leave a comment

A Prefeitura de Juazeiro foi a única na Bahia classificada por uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente. A classificação na Chamada Pública 01/2018 do Projeto ‘Fortalecendo o Semiárido’, da Agência de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária  (Adeap), aconteceu na última segunda-feira (29/10).

Foram recebidas 56 inscrições, das quais 29 atenderam aos critérios de seleção e vão compor a base de dados de boas práticas no combate ao desperdício de alimentos do Ministério do Meio Ambiente, recebendo o certificado de reconhecimento.

Das 29 classificadas apenas 15 irão apresentar o projeto em Brasília, sendo que dessas, somente duas prefeituras municipais, das mais de 5.570 no país, atenderam aos pré-requisitos exigidos: Juazeiro e Tijucas”, explicou o titular da Adeap Tiano Felix, informando que a apresentação acontecerá no próximo dia 9 de novembro, no auditório do Ministério do Meio Ambiente em Brasília.

A Adeap tem fomentado o desenvolvimento social na sede e zona rural do município trabalhando, através do projeto Fortalecendo o Semiárido, a redução do desperdício, o desenvolvimento da criatividade no uso dos seus recursos, o aumento da economia local como fonte direta de renda e o aumento na diversificação de produtos na mesa.

Diagnóstico

A ação surgiu de um diagnóstico feito pela tecnóloga em alimentos da Adeap, Ataíldes Pinheiro, relativo à carência de serviços voltados ao setor alimentício. A qualificação inclui processos formais (cursos) e outras iniciativas. “Nove distritos de Juazeiro já foram agraciados, uma média de 160 famílias, oportunizando autoestima e conhecimento aos contemplados”, informou Ataíldes.

Fonte Carlos Brito

Anúncios

Entry filed under: Geral.

Univasf obtém nota máxima no Enade 2017 em dois cursos de licenciatura Utilidade Pública: Morador do Mandacaru necessita de atendimento médico com urgência em Petrolina

Deixe uma resposta

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed