Anúncios

DIRETO DE UAUÁ: ‘DESMENTINDO O DEPUTADO GOLPISTA JOSÉ CARLOS ALELUIA’

15 15UTC agosto 15UTC 2018 at 19:55 Leave a comment

Em face da publicação difundida irresponsavelmente pelos apoiadores do golpe nos meios de comunicação da região, noticiando com ares de espetáculo fato mentiroso envolvendo o Prefeito Municipal de Uauá, importa esclarecer:

Nesta terça-feira (14) o prefeito de Uauá foi surpreendido com a notícia em que o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM), apoiador do golpe de estado e do governo ilegítimo de Michel Temer, informa ter solicitado junto ao Ministério Público de Uauá que fosse procedida investigação em face do Prefeito Municipal, sob a alegação de sua suposta participação nos fatos envolvendo administradores baianos que mantiveram relação com o Instituto de pesquisa Tiradentes.

A notícia que não passa de mero factoide político é extremamente frágil e revela a má-fé dos opositores políticos do Prefeito Municipal:

a. o deputado, ressalta-se, sem qualquer prestígio em Uauá, sequer possui prerrogativa para deflagrar denúncia no âmbito ministerial, pois que essa é atribuição do Ministério Público;

b. não se tem ciência do registro de protocolo de nenhum ofício subscrito pelo deputado no Ministério Público da Comarca de Uauá;

c. a minuta do ofício de solicitação acostada no sítio eletrônico do parlamentar é despida de qualquer numeração que a identifique;

d. ainda na hipótese de que o Ministério Público tenha sido oficiado, o pedido subscrito pelo deputado não possui qualquer fundamento probatório.

Importante dizer que o Tribunal de Contas dos Munícipios (TCM-BA) já divulgou uma lista com os nomes dos 27 municípios que são investigados por terem supostamente destinado dinheiro para a participação do seminário promovido pelo Instituto Tiradentes, que inclusive contou com o protagonismo de correligionários do partido do deputado, a exemplo do vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis, que ocupou cadeira como palestrante no evento. Em nenhum momento o gestor de Uauá-BA é citado pelo TCM, mormente porque jamais solicitou, pagou ou participou do seminário em apreço.

O município apenas recebeu pelos correios o resultado da pesquisa e o convite para o evento. Como o Instituo já tinha um histórico de seminários realizados, CNPJ e todos os requisitos analisados demostravam legalidade, a assessoria apenas divulgou o conteúdo recebido.

Em que se pese a circunstancialidade dos fatos, no auge dos seus mais insensatos arroubos e na sanha pelo espetáculo, em de se considerar a aproximação do processo eleitoral e o descrédito manifesto dos seus aliados em Uauá, o deputado Aleluia numa atitude desesperada e irresponsável, na tentativa de macular o Gestor Municipal e fazer resvalar uma imagem negativa da Administração Municipal na região, se arroga da tarefa covarde de disseminar mentiras e conjecturas inoportunas.

Nossa assessoria jurídica já está avaliando o caso e vai tomar as medidas cabíveis para que essa farsa arquitetada pelo time do golpe seja desmascarada em Uauá.

Ascom/PMU.

Anúncios

Entry filed under: Geral.

Lula declara patrimônio de R$ 7,9 milhões ao TSE; Haddad tem R$ 428,5 mil Depoimento de Lula em caso de sítio de Atibaia é adiado por Sérgio Moro

Deixe uma resposta

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed