Anúncios

Juazeiro: Três pessoas são condenadas a pagar mais de R$ 53 mil por divulgação de pesquisa falsa nas eleições de 2016

23 23UTC março 23UTC 2018 at 13:38 Leave a comment

O Tribunal Regional Eleitoral, através do juiz Roberto Paranhos Nascimento, da 47ª Zona Eleitoral, decidiu condenar três pessoas pela divulgação de pesquisa falsa nas eleições de 2016. A ação, na época, foi movida pela coligação do atual prefeito de Juazeiro, Paulo Bonfim,.

Vitória Regia Bandeira, a filha do ex-prefeito de Juazeiro, Joseph Bandeira, Waltermario Pimentel e Gil Figueiredo foram condenados a pagar multa de R$ 53.205,00, conforme previsto no artigo 33, inciso 3º, da Lei 9.504/1997.

Os três foram indiciados por suposta divulgação de pesquisa eleitoral fraudulenta no dia 01 de setembro de 2016, véspera das Eleições, por intermédio das redes sociais WhatsApp, Facebok e Instagram.

Os acusados confessaram a divulgação da pesquisa, mas alegaram não ter conhecimento do caráter fraudulento da mesma, mas o TRE chegou a conclusão que os quatro realizaram a divulgação “com o nítido proposito de favorecer um dos candidatos, inclusive com a utilização indevida de notório instituto de pesquisa nacional, no caso, o IBOPE”.

Joseph Bandeira e sua coligação não foram indiciados tendo em vista que inexiste qualquer indicio que indique, ainda que por via indireta, a autoria da divulgação em relação aos referidos representados.

A redação do Preto no Branco vai entrar em contato com os acusados para prestar esclarecimentos sobre a decisão.

Anúncios

Entry filed under: Geral.

Em entrevista exclusiva, pais da garota Beatriz falam sobre os dois anos do caso sem respostas Petrolina: menor de idade acusado de tentativa de homicídio é apreendido pela Polícia Civil

Deixe uma resposta

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed