Anúncios

Polícia Civil faz maior apreensão de maconha da história de Pernambuco

22 de março de 2018 at 15:30 Leave a comment

Coletiva à imprensa sobre a maior apreensão da história da Polícia Civil.

Um homem, suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas, foi preso em Carpina, na Mata Norte de Pernambuco. Após investigações da Polícia Civil, foi encontrada 1,275 tonelada de maconha prensada dentro da residência do suspeito. Essa foi a maior apreensão da história da instituição.

Segundo a delegada de Carpina, Bárbara Fort, o suspeito Francisco de Assis Cruz da Silva, de 29 anos, foi encontrado após investigações da polícia que constataram que o estilo de vida do envolvido não condizia com o salário que ele poderia receber. Carro de luxo e residência em que Francisco vive foram pontos que levantaram a suspeita. Além disso, o homem é foragido da justiça há cerca de quatro anos, quando fugiu da Penitenciária Barreto Campelo, de Itamaracá, no litoral norte.

Ação policial
Durante as investigações, o homem foi abordado em um veículo que, segundo ele, foi comprado na OLX por R$ 20 mil. Mais tarde, foi constatado que o carro estava com as placas clonadas. Ao ser levado para a Delegacia de Carpina, o suspeito foi interrogado sobre a posse de drogas, e ele disse aos oficiais que havia uma pequena quantidade de maconha em sua residência.

Após pedir autorização à esposa do suspeito para ir à casa dele e dar continuidade nas investigações, perceberam que o quarto da filha do casal estava trancado. Ao entrar no cômodo, encontraram diversos blocos coloridos de maconha prensada, que totalizou 1,275 tonelada. De acordo com a delegada, a droga possivelmente veio do Paraguai, mas não há nada confirmado. Investigações estão sendo feitas para saber o local de destino do entorpecente. Como o quarto da filha do suspeito estava sendo usado como depósito das drogas, a criança dormia em outro cômodo com o casal.

O suspeito disse aos agentes que só estava guardando a droga para que alguém fosse buscar na casa dele. Junto com ele, foram apreendidos uma pistola e R$ 500,00 em espécie. De acordo com o envolvido, ele recebeu arma de fogo junto com as drogas. Segundo a Polícia Civil, caso a maconha apreendida fosse comercializada de forma fracionada, o traficante poderia lucrar cerca de R$ 10 milhões. Ainda segundo a Civil, a maconha será incinerada.

Investigações
Francisco de Assis Cruz da Silva foi autuado por tráfico de drogas e associação ao tráfico, além de estar sendo investigado pelo crime de lavagem de dinheiro. A polícia também está fazendo investigações para que outros envolvidos nesse caso possam ser encontrados, incluindo a esposa do suspeito apreendido, e para descobrir se há algum significado sobre a divisão de cores das embalagens que estavam o entorpecente.

Anúncios

Entry filed under: Geral.

Sr do Bonfim: Morre paciente que aguardava em uma maca transferência para uma UTI Prefeitura de Juazeiro se reúne com empresário de Capim Grosso para atrair investimentos

Deixe uma resposta

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed