Anúncios

Bahia: Mulher não foi enterrada viva, diz inquérito; fato causou polêmica

15 de março de 2018 at 20:00 Leave a comment

Riachão das Neves: Inquérito diz que mulher não foi enterrada viva; fato causou polêmica
Foto: Reprodução / G1

Um inquérito da Polícia Civil concluiu que uma mulher enterrada sob suspeita de estar viva estava mesmo morta. O fato ocorreu em Riachão das Neves, no extremo oeste baiano, no final de janeiro passado (lembre aqui).

Segundo o G1, a vítima faleceu vítima de infecção respiratória. A suspeita de que Rosângela Almeida dos Santos, de 37 anos, estaria viva partiu de familiares da vítima, que abriram o túmulo onze dias após o sepultamento e disseram que o corpo dela foi encontrado revirado, com ferimentos nas mãos e testa.

Ao site, o delegado Arnaldo Alves disse que ouviu várias testemunhas, como um profissional de uma funerária que informou que o corpo estava do mesmo jeito do dia do enterro. Ainda segundo o delegado, a mãe da vítima, Germana Almeida, foi indiciada por violar o túmulo após rumores de que vizinhos teriam escutado gemidos da sepultura.

A violação de urna funerária é um crime que está previsto no artigo 210 do Código Penal, com pena de reclusão de um a três anos. No entanto, o mesmo delegado sugere que o indiciamento seja arquivado, devido ao estado psicológico da mãe após a perda da filha. A decisão ficará por conta da Justiça.

Anúncios

Entry filed under: Geral.

Só faltava essa: Ex-prefeito é acionado por construir unidade de saúde em condomínio fechado na Bahia Motorista bêbado colide em dois carros, fere bebê e é preso em Jacobina

Deixe uma resposta

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed